Análise granulométrica por peneiração húmida

Sendo um solo um sistema formado por partículas de diversos tamanhos, o seu comportamento está ligado, entre outras características, ao tamanho das partículas que o compõe, ao qual se associa diferentes designações: cascalho, seixo, areia, silte e argila.
A composição granulométrica de um solo é de extrema importância na determinação das propriedades físicas de um solo, sendo essencial para a previsão das caraterísticas fundamentais do seu comportamento, com aplicação prática em variados campos, como por exemplo, seleção e aplicação de solos em aterros, estudos de drenagem e estudos de erosão.
A composição granulométrica é definida como a distribuição em percentagem ponderal (em percentagem do peso total) das partículas do solo de acordo com as suas dimensões (calhau, seixo, areia, silte e argila).
Para as partículas de maiores dimensões o método normalmente utilizado para a determinação da composição granulométrica é a peneiração através de uma série de peneiros de malhas compreendidas entre 75,0 mm e 0,075 mm (fotografia da esquerda), enquanto que para as partículas com dimensões inferiores a 0,075 mm é utilizado o método da sedimentação (fotografia da direita), baseado na velocidade de queda das partículas suspensas numa proveta com água.

peneiro/crivo de malha metálica

A calibração de peneiros (também denominados crivos) de malha metálica tem por objectivo assegurar que a dimensão das malhas e dos diâmetros dos arames cumpre os requisitos estabelecidos pela norma ISO 3310-1: 2000 (...)

Ensaio de compactação

A compactação é um método de estabilização e melhoria do solo através da aplicação de alguma forma de energia (impacto, vibração, compressão estática ou dinâmica), com o objetivo de reduzir o volume de vazios (...)

Outros ensaios...